Patrimônio Histórico na Arquitetura 1


Capa Patrimônio Histórico na Arquitetura

Patrimônio Histórico na Arquitetura

Preservar! Verbo transitivo direto. Ato de resguardar, salvar, proteger. Em se tratando dos momentos da vida, várias ações podem ser colocadas em prática para efetivamente transformar o tempo em memória. É possível por exemplo, filmar, fotografar, e escrever sobre determinado momento que estamos vivendo.

Porém, quando se trata de patrimônio histórico na arquitetura, só será possível preservar, caso o objeto, ou melhor, a obra, esteja presente. Simplesmente por que sem o monumento presente, a construção erguida e ainda com funcionalidade por meio de permanente conservação, toda a história desaparece junto.

Carta de Veneza

Para corroborar essa frase que fecha o primeiro parágrafo desse texto, voltamos ao passado e trazemos para você que acompanha os artigos da Projeto Estrutural Online, a “Carta de Veneza”. Citando apenas dois, dos quinze artigos, fica óbvio perceber essa importância do conjunto. A obra é inseparável da história enquanto faz parte do espaço urbano, ou ainda que: preservar é um exercício constante de manutenção antenada nos mínimos detalhes. Mantendo assim, as características originais da obra para que esse patrimônio perdure ao longo dos séculos.

  • O “Artigo 3º”, que trata da “Finalidade”, diz: “A conservação e a restauração dos monumentos visam a salvaguardar tanto a obra de arte quanto o testemunho histórico”.
  • O “Artigo 4º”, que trata da “Conservação”, diz: A conservação dos monumentos exige, antes de tudo, manutenção permanente”.

A “carta” foi escrita em Maio de 1964, no II Congresso Internacional de Arquitetos e Técnicos dos Monumentos Históricos, e constitui de um documento composto por profissionais da área de arquitetura e urbanismo de vários países, apresentando direções do que vem a ser preservação histórica. Vamos chegar ao Brasil posteriormente, mas, antes, é imprescindível apontar alguns exemplos de preservação do patrimônio histórico na arquitetura e aprender um pouco mais com o chamado “velho-mundo”.

Construções atuais dos séculos passados

Fundada em 1945, após a II Guerra Mundial, a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e a Cultura (UNESCO), realiza uma série de atividades para promover a preservação do que são denominados de patrimônios da humanidade. Sendo classificados em diferentes áreas de atuação dentro da base da educação, ciência e cultura, atuando em mais de 190 países, na preservação dos monumentos que são classificados de Patrimônio Mundial. Em uma definição simplista, para a UNESCO, patrimônio é um legado do passado, que vivemos atualmente e que será transmitido para as futuras gerações.

Na Inglaterra, mais precisamente na capital Londres, encontramos muitas construções com tais características e que são Patrimônio Mundial segundo os critérios da UNESCO. Independente de concordar com as escolhas e a forma de classificação adotada pela organização, é inegável que esses monumentos representam sim, importante símbolo arquitetônico para o mundo, e fazem parte da história de sobrevivência e recuperação de um país após os ataques nazistas durante a segunda guerra mundial. Um dos símbolos mais famosos do mundo, o Big Ben, faz parte desse complexo arquitetônico que une três construções localizadas às margens do rio Tâmisa. 

1- Palácio de Westminster

O início da construção data de 1016. Mas, o Palácio que hoje é a sede do Parlamento do Reino Unido, foi restaurado após dois incêndios. As obras de reconstrução iniciaram em 1840, e terminaram em 1870. O grande relógio, ou no original inglês, Big Ben, faz parte desse complexo arquitetônico. Uma referência e um cartão postal muito fotografado por turistas que visitam a cidade.

Abadia de Westminster

Abadia de Westminster

2- Abadia de Westminster

                É a igreja mais importante de Londres. As coroações britânicas ocorreram neste local, incluindo a da atual monarca Rainha Elizabeth II, em 1953. Entre os últimos fatos históricos está o casamento do Príncipe William com Kate Middleton, em 2011. Além dos acontecimentos do presente, a Abadia também reserva espaço para sepulturas e memoriais de personagens marcantes da história do planeta. Entre eles, Sir Isaac Newton (1643-1727) e Charles Darwin (1809-1882). A inauguração foi no ano de 1090. 

3- Igreja St. Margaret

Incluído nesse complexo arquitetônico-histórico, está a Igreja de Santa Margarida. Fundada por monges beneditinos no século XII, a igreja pratica a religião anglicana. Uma religião que teve início na Inglaterra com Henrique VIII, em 1534. O ex-ministro Winston Churchill, foi uma das várias personalidades britânicas que escolheu a igreja para realização da cerimônia de casamento.  

Come back to Brazil (Voltando ao Brasil)

É necessário entender que o Brasil ainda é um país novo, se comparado aos países europeus, por exemplo. Porém, mesmo que caminhe a passos lentos em relação ao olhar voltado para a cultura da preservação histórica, situações que marcam negativamente a história brasileira já deveriam servir de alerta para que as autoridades responsáveis pela conservação e preservação desses patrimônios tomassem atitudes que visam realmente a perpetuação desses monumentos.

Incêndio no Museu da Língua Portuguesa

Incêndio no Museu da Língua Portuguesa

Prova de que essa preocupação ainda possui falhas graves, são os dois incêndios de grandes proporções que recentemente atingiram importantes edificações históricas brasileiras, e que agora estão sendo reconstruídas.

No ano de 2015, foi o Museu da Língua Portuguesa em São Paulo, já em Setembro de 2018, o Museu Nacional que fica no Rio de Janeiro. Fundado em 1818, e tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 1938. (neste link você pode ler a nota oficial do Instituto sobre o incêndio) http://portal.iphan.gov.br/noticias/detalhes/4805/nota-oficial-incendio-no-museu-nacional

O museu possuía o mais antigo fóssil humano já encontrado no país, o esqueleto batizado de “Luzia”. As peças raras, e o número expressivo do acervo, mais de 20 milhões de itens, que foram praticamente destruídos na totalidade com o incêndio, tornavam o museu o mais importante da América do Sul entre os museus de história natural.

Museus Brasileiros

Lei nosso Post sobre Nossos Museus Brasileiros clicando na imagem ou aqui!

Mas, antes que o leitor do site da Projeto Estrutural Online julgue que estamos somente criticando, vale ressaltar que inclusive a Unesco se manifestou após o incêndio no Museu Nacional. A Organização colocou à disposição das autoridades brasileiras toda a experiência que possui no que diz respeito à proteção e a conservação do patrimônio cultural, comparando o caso do Rio de Janeiro, com a destruição das monumentais ruínas de Palmira, na Síria, que em 2015 e 2016, foram alvo dos terroristas islâmicos.

A importância da atuação de especialistas

Observar um patrimônio histórico ser destruído por um incêndio nos dias atuais, com a tecnologia de materiais anti inflamáveis, e os dispositivos próprios já existentes para combate ou atenuação do fogo, demonstra de maneira significativa a importância e até a urgência de mais arquitetos envolvidos na preservação histórica.

A Projeto Estrutural Online aborda esse tema, porque acredita que com mais profissionais da arquitetura engajados e dispostos a fomentar e estimular o debate em busca de soluções para a preservação, maiores são as chances das gerações futuras, principalmente os jovens estudantes, de visitar edificações históricas, ao invés de aprender somente com os livros.

O trabalho do profissional graduado em arquitetura e urbanismo que vai atuar no campo do Patrimônio Histórico na Arquitetura, pode variar desde a pesquisa e o desenvolvimento de metodologias e técnicas de preservação, até a restauração e acompanhamento de edificações. Vale sempre lembrar do grande nome da arquitetura que passou pelo brasil (e por que não virou uma brasileira) Lina Bo Bardi, que com maestria incorporava o patrimônio ao novo.

No artigo  http://projetoestruturalonline.com.br/me-formei-arquiteto-e-agora/ já falamos um pouco sobre o campo do restauro na arquitetura. Indicamos inclusive, que você visite o site do Iphan, http://portal.iphan.gov.br/ para saber mais sobre o trabalho de um arquiteto que atua nessa área.

Obras escolhidas

O Iphan, fundado em 1937, tem atualmente mais de 16 mil edifícios tombados, 50 centros urbanos, e cinco mil sítios arqueológicos reconhecidos no Brasil. No site do Instituto é possível saber em detalhes o motivo do tombamentos. É só clicar em: http://portal.iphan.gov.br/pagina/detalhes/126

São sete Patrimônios Naturais reconhecidos pela Unesco no Brasil, e outros 14 Patrimônios Culturais que entram na classificação geral da Organização sendo considerados Patrimônio Mundial.

Ouro Preto - Patrimônio Cultural da Humanidade

Ouro Preto – Patrimônio Cultural da Humanidade

Entre as cidades e monumentos que fazem parte da lista, está a Cidade Histórica de Ouro Preto (MG), que foi a primeira reconhecida em 1980, e dois importantes exemplos de arquitetura com a participação de Oscar Niemeyer (1907-2012). O Plano Piloto de Brasília, escolhido em 1987, e o Conjunto Moderno da Pampulha (MG) em 2016, que também teve a participação do arquiteto-paisagista Roberto Burle Marx (1909-1994), e do pintor Cândido Portinari (1903-1962).

Este artigo foi contribuição do nosso convidado e amigo Cleiton Schlindwein, que é jornalista, com pós graduação em Cinema. Possui mais de 15 anos de experiência na comunicação. Atualmente, além de colaborar com os textos da Projeto Estrutural Online, é fotógrafo e também atende empresas e pessoas produzindo vídeos para internet. Paralelamente, desenvolve projetos de Roteiro Audiovisual e Produção voltados para Cinema e TV.

Nos Conte

E aí, o que achou deste artigo? Achou interessante? Ficou alguma dúvida? Deixe seu comentário ou dúvidas para gente.

Se quiser ler mais conteúdo sobre este, ver vídeos, e outras dicas relacionadas a arquitetura, acesse www.projetoestruturalonline.com.br/blog

Valores Projetos Complementares

Valores Projetos Complementares bit.ly/tabelavalores

Quem somos

Projeto Estrutural Online é um escritório focado em soluções para arquitetos, para projetos e obras de pequeno porte. Oferecemos parceria e colaboração em todo trabalho do arquiteto. Garantindo assim que os projetos complementares respeitem e estejam compatibilizados com o partido arquitetônico.

Temos o diferencial de atender online, usando as ferramentas digitais para facilitar a discussão nos projetos e nos aproximar dos nossos parceiros, independente da região do Brasil que se encontrem.

Fazemos projeto estrutural, hidrossanitário, elétrico. Se quiser ver nossas tabela de preço, clique aqui e baixe ela.

Qualquer dúvida, sugestão ou desejo de nos conhecer para formar uma parceria entre em contato pelos seguintes canais:

E-mail: contato@projetoestruturalonline.com.br

Tel: (47) 9 8406-2788 (WhatsApp)

Skype: Projeto Estrutural Online

youtube.com/projetoestruturalonline

facebook.com/projetoestruturalonline

instagram.com/projetoestruturalonline

Quer ver um projeto de exemplo? Clique aqui e baixe uma amostra.

Entre em nosso site e conheça mais a Projeto Estrutural Online!
http://www.projetoestruturalonline.com.br/

Já baixou o nosso eBook? Nós atualizamos ele! Confira:
ARQUITETO – 12 DICAS PARA EVITAR RETRABALHO NOS SEUS PROJETOS.
http://bit.ly/eBook12DicasparaevitarRetrabalho

Precisou de projetos complementares? Fale com a gente!

Atendemos todo o Brasil!
Projeto Estrutural Online


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “Patrimônio Histórico na Arquitetura