PodCast – A Estrutura do Projeto – Episódio 1 – Arquiteto – Conheça uma forma de agradar ainda mais seu cliente!


https://bit.ly/podCast01

 

O Dia Mundial do Rádio é comemorado em 13 de Fevereiro em homenagem a primeira emissão de um programa da United Nations Radio (Rádio das Nações Unidas), em 1946. A transmissão do programa foi em simultâneo para um grupo de seis países.

Em homenagem a essa data, nós da Projeto Estrutural Online aproveitamos para lançar o nosso PodCastA Estrutura do Projeto. PodCast esse voltado aos arquitetos. Nesse primeiro episódio temos a participação da engenheira Anamélia Adriano e do Arquiteto Guilherme Feijó Vieira. 

O assunto de hoje é um Estudo de Caso, em como um escritório de “engenharia” , esta fazendo diferente na hora de atender os arquitetos, jogando de lado a velha rixa, trabalhando de forma colaborativa, para que o escritório de arquitetura tenha o melhor suporte nos projetos complementares, e entregue um pacote completo para seu cliente, com todos os projetos compatibilizados e fieis ao arquitetônico, agradando mais ainda seu cliente. E tudo isto usando plataformas online para auxiliar e aproximar mais

Ouça, compartilhe e comente. 

Mas se não quiser escutar, abaixo segue a transcrição do áudio.

 

Transcrição do áudio do podcast A Estrutura do Projeto

Introdução e Apresentação 

(Celso Castellen)

Então estamos começando nosso podcast

A Estrutura do Projeto,” hoje com Anamélia Adriano, Engenheira e

Guilherme Feijó, advogado com formação em arquitetura e

urbanismo. Eu vou pedir pra vocês se apresentarem.

Anamélia, por favor:

 

(Anamélia Adriano)

Bom dia, boa noite, boa tarde a todos,

eu não sei como cumprimentar direito

neste momento, mas eu sou a Anamélia

engenheira civil formada desde 2004 com

alguns anos de mercado aí trabalhando

sempre na área. Inicialmente na área

de obras, execução de obras de grande

porte, industriais e desde 2008 na

área de projetos onde realmente achei

minha vocação.

 

 

(Celso Castellen)

Guilherme, você se apresente também

por favor.

 

(Guilherme Feijó Vieira)

Boa noite pessoal, bom dia, boa tarde…

Bom, como o Celso falou, tenho formação em

arquitetura e urbanismo e também direito.

Trabalhei bastante tempo na área de

planejamento urbano e depois também na

área de gerência do projeto de

engenharia e arquitetura nas área

pública e participei de alguns grupos de

pesquisa também na universidade e hoje

dentro da Projeto Estrutural Online faço

parte da equipe principalmente para trazer a

visão do arquiteto na área dos projetos

complementares e também trabalhando o

relacionamento para sempre trazer o melhor do

conceito do arquiteto para dentro do

nosso trabalho.

 

O que é a Projeto Estrutural Online

(Celso Castellen)

O que é a Projeto Estrutural Online?

 

(Guilherme Feijó Vieira)

A Projeto Estrutural online surgiu de uma ideia da nossa

 

idealizadora Engenheira Anamélia Adriano.

Em 2006 ela começou a ainda trabalhar

Essa idéia na cabeça, vendo alguns vídeos de

marketing digital, também vendo como é

que as novas tendências de prestar

serviço não apenas off-line,

assim mas também online, que até facilita

mesmo sendo da mesma cidade por causa do

engarrafamento e etc, de como prestar o serviço

de uma forma totalmente diferente. E aí

ela no final de 2006, ela convidou

para fazer parte da equipe, porque ela

sentiu que também precisava ter alguém com a

visão do arquiteto pra desenvolver esse

trabalho já que um principal foco

é trabalhar a engenharia para a

arquitetura melhor compatibilizada

respeitando ao máximo o arquiteto.

E aí começamos a trabalhar ali então no

início de 2007 como é que seria essa

forma de prestar serviço de engenharia pela internet.

Será que isso seria possível?

E a gente começou a ver e viu que sim, que

é plenamente possível com a tecnologia do

Skype, hangout, whatsapp e email até aproxima

mais do que se você estiver na

mesma cidade. Porque tu vai lá a troca

tela, troca os arquivos, consegue fazer

a conversa em menos tempo. E no contato

também mais curto não precisa aguardar

tanto tempo… e aí começou então a idéia

da Projeto Estrutural Online.

 

(Celso Castellen)

Eu achei muito bonito, mas eu ainda não

entendi o que faz a projeto estrutural online.

 

(Anamélia Adriano)

Bom, eu vou apresentar a Projeto Estrutural

online com um foco um pouquinho diferente do

que o Guilherme falou. Ele falou do problema e

bateu bastante na tecla da questão do

nosso atendimento online é que realmente

isso é uma inovação, mas a gente está

vendendo um serviço que já está no

mercado há muitos anos na verdade,

mas com uma forma de venda e de

relacionamento com o cliente inovadora

 

digamos assim, aproveitando essas novas

tecnologias disponíveis e esse novo

alcance de mercado que a gente pode ter.

Mas a grande verdade é que assim,

eu e o Guilherme, a gente além de

sócios, além de fundadores da

Projeto Estrutural online, nós somos amigos de

Infância.

E eu tenho o meu marido que também é arquiteto

e eu tenho vários colegas que estudaram

comigo na escola e se formaram em

arquitetura e uma das dores que a gente

sempre ouvia, quando se encontrava uma vez no

ano a gente sabe que nessa vida de

adulto não é tão fácil assim encontrar

direto com os grandes amigos mas quando

a gente se encontrava, em conversa vai

conversa vem

e sempre vinha aquela dor de

que existia rixa entre arquitetura e

engenharia e da dificuldade em

encontrar bons profissionais das áreas e

bons relacionamentos entre essas duas

áreas e o não respeito do trabalho

de um pelo outro.

E eu não entendia como

isso podia ser assim,

eu entendia que era uma dor deles mas

porque tinha que ser assim, por que o engenheiro não

respeitava o projeto arquitetônico

porque o arquiteto não ouvia

as diretrizes que realmente precisam ser

mantidas no projeto técnico e isso

começou a bater em mim todos os anos e

“como melhorar esse mercado?”

porque eu acho que a gente melhorando

esse mercado, melhorando a forma de atender

essa interação entre a gente, e quando eu digo

a gente, eu quero dizer engenharia e arquitetura e

arquitetura e engenharia, a gente com

certeza vai agregar e melhorar o

mercado para os nossos clientes.

Em vez de ter só essa disputa… E como

eram meus amigos, eu sempre pensando nessa

situação, até que eu “poxa” eu comecei a

trabalhar muito forte essa questão de

fidelização e respeito do projeto com os

arquitetos e eu vi que estava tendo

um respaldo legal deles, e eles gostavam muito

dessa situação e quando a gente começou

a estudar formas de trabalhar,

como Guilherme falou, se atualizando com o

marketing digital e com tudo eu percebi

que era muito importante e que eu não ia

conseguir dar conta de fazer tudo

sozinha e atender o meu cliente da

forma que eu queria, porque o nosso cliente

é o arquiteto, principalmente com atendimento

de projetos principalmente

projetos estruturais e também

complementares como elétrico hidráulico

e fazer esse atendimento com ele e poder

produzir. Assim então eu pensei “poxa eu

tenho que ter uma ajuda”, tem que ter

alguém aqui trabalhando nessa mesma vibe,

eu tenho que ter alguém com essa mesma

ideia, e foi aí que eu pensei em convidar

o Guilherme para fazer parte para ele,

justamente como ele falou, trazer esse

olhar do arquiteto, porque aí

não era só eu querendo entender o

arquiteto e talvez não conseguindo ou não

falando a mesma linguagem, é um arquiteto

dentro da empresa realmente fazendo com

que isso acontecesse de alguma forma.

Então se eu por acaso deixasse passar

algum item ou não entendesse muito bem o

projeto ou um algum detalhe que pudesse

estar passando por nós,

o Guilherme está aqui para reafirmar

isso junto

da equipe, e realmente ter todos os

cuidados, todas as as ênfases que a gente

tem que ter dentro do projeto, as apresentações

de forma visual, para que realmente a

gente consiga desmistificar essa “rixa “e

essa quebra de mercado e mudar a

relação e sim trabalhar com alegria com

felicidade, mostrando como isso agrega no

nosso trabalho com o nosso cliente.

Mas basicamente trabalhamos com projetos

complementares ao projeto arquitetônico.

 

Como funciona?

(Celso Castellen)

Deixa eu ver se eu entendi? Funciona mais ou

menos assim: “eu sou arquiteto eu faço o projeto

arquitetônico para o meu cliente, e para não

entregar o projeto e deixar o meu cliente se virando

sem entregar a ele uma

solução completa eu consigo contratar

a empresa de vocês que vão respeitar o

projeto arquitetônico que eu fiz

e vocês vão dar tudo para completar ele

e, na verdade agradar ainda mais o meu

cliente é isso?

 

(Anamélia Adriano)

Perfeito, e acho que agora o Guilherme

até pode falar um pouco mais sobre essa

questão e realmente da necessidade e como

a gente tem estado no mercado

nacional agora a gente tem observado

essa questão de como o arquiteto

consegue agregar valor no projeto dele

quando ele oferece solução completa

também né Guilherme?

 

(Guilherme Feijó Vieira)

E isso é o que a gente

tem percebido, qual a necessidade do

cliente do arquiteto?

Ele quer resolver o mais prático possível o

problema dele que é construir a casa dele.

Vamos pegar um exemplo simples de uma

residência e aí o arquiteto oferece

apenas a solução de arquitetura depois

deixa pra o cliente correr

atrás dos projetos

complementares. Dois problemas, primeiro

o cliente queria resolver mais

fácil, queria ja um pacote completo e

segundo, isso também vai acarretar

as vezes em incompatibilidade dos projetos

porque ele vai conversar com uma outra equipe

totalmente dissociada que talvez não vai

trocar muita idéia com o arquiteto e, vai saber o

resultado final né? O que foi concebido

provavelmente não vai acontecer.

Então a ideia é que quando o

arquiteto conversar conosco e agrega o

nosso serviço ao projeto dele ou seja já

venda todo para o cliente dele, a solução

completa com todos os projetos complementares

a gente participa desse processo de concepção

do arquitetônica desde o início com os

complementares, não apenas no final já

que o projeto pronto, mas por exemplo,

arquiteto fazendo um primeiro esboço, um

primeiro orçamento já pode trocar uma

ideia com a gente, “se vai funcionar ou não,

se vai mudar, a gente talvez vai ter

problema numa estrutura, os complementares

que aqui podem ter uma compatibilidade” etc.,

já previamente e depois, durante

o processo de projeto dele e do nosso a gente

faz uma espécie de questionário, depois faz o

pré-lançamento envia para a gente também.

Agora a gente esta trabalhando com

compatibilização direta com sistemas

de BIM, então por exemplo, vamos dar um

exemplo do Revit ou do Sketchup, a gente

exporta um arquivo, o IFC e o

arquiteto pode incluir esse arquivo

dentro do 3D dele e já analisar

algumas incompatibilidades com a estrutura.

Enfim o processo não se dá apenas no

final do arquitetônico e onde começa a engenharia.

Não, eles vão andando juntos pra garantir que

vai ter o melhor resultado para o cliente do arquiteto.

E é assim, ele vai ter o melhor

resultado e é na satisfação do que a

pessoa que o contratou ele vai ter.

 

Quais as vantagens?

(Celso Castellen)

Eu vi bem direitinho duas vantagens,

deixa eu ver se eu entendi direito.

Primeiro é se eu sou o arquiteto e estou fazendo o

Projeto eu já consigo ir estreitando esse laço e

conversando com o Projeto Estrutural Online desde o

momento que eu estou concebendo

o arquitetônico?

Tirando dúvidas? É isso?

 

(Anamélia)

Perfeito Celso, é na

verdade desde o momento da idéia inicial.

Quando você esta vendendo para o seu cliente você

está vendendo uma idéia inicial do

projeto e a partir do momento que você

comece a trabalhar a gente já pode

começar a conversar desde o inicio deste processo.

Qual o sistema construtivo que vai ser utilizado na

Casa? O tempo de obra que vai ser dessa casa?

Como é que é o solo e as características

do local? Como a gente esta em âmbito nacional

a gente tem bastante diferenciação nisso,

as vezes muda algumas soluções apresentadas.

Então assim, a gente tá junto do arquiteto

pra pensar soluções que atendam à

necessidade do cliente dele e dele.

Então a gente vai estar colocando aí

todos os prós e contras desde esse

inicio de etapa.

 

(Celso)

O outro ponto de vista é se eu,

Sendo o cliente, se eu estou escolhendo arquiteto

E se eu estou entre dois, onde um vai me entregar

Somento o arquitetônico e o outro

Vai me entregar toda a solução completa

para mim parece claro quem eu vou contratar…

 

Não fazemos projetos arquitetônico, por quê?

(Anamélia)

Isso é outra coisa que eu gostaria de frisar aqui

Celso, que a gente acha muito importante

também deixar claro que apesar da gente trabalhar

com projetos complementares como a gente

comentou, principalmente projetos de

estrutura de concreto armado, elétrico, hidrossanitário

e apesar de a gente ter um arquiteto na

equipe como o Guilherme, a gente não faz

projeto arquitetônico. Isso acho que é

uma coisa que tem que ficar muito clara.

 

(Celso)

Essa era uma pergunta que eu iria fazer…

 

(Anamélia)

Então, a gente não faz projeto arquitetônico,

a gente não altera o projeto arquitetônico,

a gente não faz um puxadinho aqui, ou ali,

nem o cliente pedindo uma alteração.

A gente respeita sempre o projeto do arquiteto

e mesmo quando é um cliente pessoa física

que vem às vezes contratar a gente direto,

o que a gente faz é entrar em contato com

o arquiteto que fez o projeto para tentar ver

se ele tem alguma explanação sobre o projeto

porque como falei no início a ideia da gente é

melhorar o mercado para todo mundo e

criar essa interação entre engenheiro e

arquiteto. Então assim, a gente não trabalha

com projeto arquitetônico e a gente sabe que

uma dor do nosso do nosso cliente arquiteto

é que muitas vezes ele perde o orçamento

como você falou, Celso, para um outro que

deve estar oferecendo um pacote de

serviço completo ou até além disso para

um engenheiro que tem oferecido um

pacote de serviço completo e isso é uma

dor muito grande do nosso cliente arquiteto e é

o que nós aqui da projeto estrutural online

procuramos, tanto eu Anamélia como o Guilherme

a gente apóia muito a ideia de que o

projeto arquitetônico, realmente

o profissional mais habilitado que tem que

ter mais horas de formação em curso para

atender um cliente é o arquiteto né

e quando ele não envolve

outros processos, que são os projetos

complementares, ele tem a chance maior

ainda de estar perdendo esse projeto

arquitetônico, quer seja por um engenheiro,

por que não, na verdade o engenheiro na

maioria das vezes ele oferece sempre

esses outros também

e aí acaba sendo mais uma dor tão quando

ele não não contempla esses

complementares e essa parte técnica

do projeto dele, ele tem maior chance de

perder para o concorrente dele ou

para um concorrente engenheiro também.

 

Arquiteto, vendas a solução completa!

(Celso)

Claro, e ele vendendo a solução completa

ele consegue se destacar e até no

final das contas agradar ainda mais o

cliente dele.

 

(Anamélia)

Com certeza, com certeza… A gente tem participado de

vários e vários escritórios que têm, que

agregaram isso agora e tem feito isso a

gente vê que a chance, já desde o

fechamento do orçamento, a chance de

fechar é muito maior e realmente a gente

tem estudado soluções e entregando

um pacote, uma solução completa pro

cliente dele no final onde é dali pra

frente ele vai no máximo executar essa

obra.

 

É seguido as normas, mesmo a distância?

(Celso)

Mas me tira outra dúvida, eu sou arquiteto e

trabalho lá no Acre. Se eu contrato

a Projeto Estrutural Online para fazer um projeto

complementar pra mim e como funciona em

relação ao tipo as normas e ARTs e que

coisas que eu devo apresentar nesse

projeto estrutural e hidrossanitário, como

funciona isso?

 

(Guilherme)

Com respeito às normativas Celso,

a gente segue todas as normativas

nacionais e pertinentes a cada projeto.

tanto o projeto de instalações elétricas e

hidrossanitárias ou estrutural, os nossos

projetos são entregues com ART que

também é enviado em via digital para

o cliente que ele possa também ter isso na

obra e a segurança também que teve um profissional

e ele está assumindo responsabilidade

perante o conselho de engenharia, o CREA.

 

(Anamélia)

É importante dizer que realmente a

normativa que precede o projeto

estrutural em si é uma só, uma normativa

nacional. Então independente do local e da região

que o cliente se encontra a gente vai

respeitar, vai projetar da mesma

maneira claro, levando em

considerações algumas características

locais que a norma precede como a área

litorânea, rural ou urbanas. E todo o projeto

nosso acompanha sim

as ARTs ou RRTs também de acordo com o

conselho CREA ou o CAU

então o cliente fica, além do contrato

que ele faz com a gente, ele tem

essa anotação junto ao nosso conselho sob a

responsabilidade total naquele projeto.

Então não tem nenhuma dificuldade em a

gente conseguir fazer um projeto para o

Acre por exemplo Celso, como você estava

Comentando.

 

Tem diferença de projetos por causa da distância?

(Celso)

Então não tem diferença nenhuma de eu contratar

um engenheiro para fazer um projeto

estrutural que mora do lado da minha

casa ou contratar a Projeto Estrutural online para fazer

um projeto Estrutural para mim?

 

(Anamélia)

Não, não tem diferença nenhuma. A normativa

que o engenheiro teu vizinho, digamos assim tem

que seguir e a nossa é a mesma.

O pessoal ainda tem um certo receio

Digamos, medo de contratar a gente

porque tem aquela impressão de que

estando na mesma cidade, no mesmo bairro

você vai ter um acesso melhor e tirar

dúvidas, ate ver como esta o processo…

Mas a gente aqui da Projeto Estrutural online

nós temos vários canais de acesso e temos feito

reuniões, como Guilherme falou já, em ferramentas

como o skype como hangout, que na

verdade nessas são muito boas e na minha

opinião até melhores porque elas otimizam,

você como profissional não perde tempo

em trânsito, não perde tempo chegando lá

e a reunião online ela é muito mais

específica… Você chega lá, você não vai

tomar um cafezinho, conversar como tá um

pouco a coisa né… você já vai específico,

já compartilha a tela, e que nem antigamente

a gente fazia de abrir os projetos de papel

em cima de uma mesa…

Essa reunião, ela faz isso só que de uma

forma ainda melhor, como a gente trabalha com as

ferramentas digitais, como a gente

trabalha com os programas

a gente consegue tirar medidas e jogar

arquivos na hora e que no papel a gente não

conseguiria fazer…

Então essa reunião é muito mais eficaz

ao meu ver. E na nossa opinião, a gente

está trabalhando agora com isso faz um ano,

a gente só tem melhorado a nossa

eficiência e produtividade.

 

Futuro e o Mercado Colaborativo!

(Celso)

O que a Projeto Estrutural Online almeja daqui

Pra frente? Para o futuro?

 

(Guilherme)

Duas questões, a primeiro é o melhorar a

relação do mercado, a questão do mercado colaborativo

entre engenharia e arquitetura, sempre

priorizando o trabalho do arquiteto,

e cada vez mais e poder ampliar o nosso

atendimento. Com isso e também melhorar

para que outros colegas também sigam essa

mesma forma, a gente quer que um conceito

de mercado siga o que a gente esta fazendo

respeitando o projeto do arquiteto e

trabalhando em colaboração e usando

também as tecnologias para acelerar os

serviços e poder vencer as barreiras

do dia a dia para cada situação.

 

(Anamélia)

Isso, e eu acho que outra coisa que a gente

também gostaria, o nosso sonho digamos assim,

como a Projeto Estrutural Online,

nós gostaríamos muito, e nós prezamos

muito pelo fator parceria, e quando a gente

fala parceria a gente quer dizer

realmente trabalhar em prol daquele

projeto, daquela situação, daquelas

soluções, daquele cliente

e essa parceria nossa idéia é realmente

se tornar como se fosse o funcionário

ou digamos o setor técnico daqueles

arquitetos né? Aqui não ficou dito mas eu

vou falar agora, a gente trabalha somente

com obras de pequeno porte. O nosso foco,

90% do nosso trabalho se dá a sobre residências.

A gente trabalha muito com a arquitetura

residencial unifamiliar e algumas obras

de pequeno porte e alguns edifícios

pequenos também, mistos, depois até quatro

pavimentos então a gente focou muito nesse mercado.

Que no mercado da maioria de

arquitetos autônomos ou de pequenos

escritórios onde eles iam ter uma

dificuldade que os escritórios de engenharia não

queriam atender esses projetos. E a

gente veio justamente no contrário, a

gente veio justamente para atender

somente esses projetos. E a gente sabe que

justamente os escritórios de arquitetura

não tão grandes e que a maioria

não tem uma equipe técnica, não tem

engenheiro lá dentro do escritório dele e

não consegue apresentar todas essas

soluções sozinhos ou é um arquiteto

autônomo ou pequenos escritórios e nós

vemos assim, o meu sonho mesmo, meu e do

Guilherme, como já falou muitas vezes aqui, a

gente queria se tornar esse setor… É como se

fosse o setor de produção, o setor técnico

dentro do escritório ou dentro do arquiteto autônomo

para que ele possa ter, possa contar com isso e tirar

dúvidas com a gente desde a fase de

planejamento, mesmo antes de fechar um projeto.

E às vezes tem dúvidas ali, e a gente quer

estar prestando esse serviço com ele

direto a gente acredita nesse tipo de

parceria.

 

(Guilherme)

Isso ai Ana, é uma questão de que

O escritório de arquitetura, tem

alguém que conhece a cultura deles,

como se tu tivesse alguém no teu escritório

no dia a dia. É saber que alguém entende a

tua cultura, entende como é que tu pensa como é

que tu trabalha. Entender os detalhezinhos do

que tu gosta para poder

prestar o melhor serviço na parte

técnica no apoio técnico do escritório

dele.

 

A disseminação de um mercado colaborativo!

(Celso)

Vocês não fazem só projetos não é mesmo?

Eu vi que vocês tem um canal no youtube, fan page…

O canal do youtube é para que?

 

(Guilherme)

É legal tu ter levantado isso Celso,

porque justamente nesse foco no mercado

colaborativo de favorecer o trabalho, um

dos inícios da Projeto Estrutural Online não foi

apenas fazer o projeto ali dentro do

escritório e acabou, mas foi fomentar o

conteúdo para que os arquitetos também pudessem

se favorecer, aprendendo no dia a dia aquelas questões

pequenas que a gente esquece, pra melhorar o

seu trabalho e aí com isso começamos um

canal no youtube. No canal damos dicas, no

YOUTUBE.COM/PROJETOESTRUTURALONLINE

que tem uma vez por semana uma dica ali, curta

é um minutinho que facilita para somar no meu

trabalho e também na nossa fan page a gente também

começou a fomentar este conteúdo

e agora a gente começou a fomentar também no

blog do nosso o nosso site:

PROJETOESTRUTURALONLINE.COM.BR/BLOG

onde também estamos alimentando com

conteúdo pertinente ao dia-a-dia do arquiteto

justamente pra somar no seu trabalho.

 

 

(Anamélia)

A nossa ideia é, não só trabalhar, mas a gente

acredita muito nesse mercado colaborativo,

e a gente tem feito palestras até em universidades

para estudantes, para futuros arquitetos e

mostrando que sim, “Yes, we can”, nós podemos

trabalhar junto, arquitetura e engenharia funcionam

junto sim, nós temos que quebrar esse paradigma

quebrar essa questão de separação.

Um projeto hoje, se eu pudesse finalizar hoje um projeto

que trabalha cada um com a sua

disciplina e solucionando só o seu problema,

isso é uma coisa de jurássica né?

Um projeto moderno exige sim a

presença de todas as disciplinas e de

todos os capacitados ali para resolver e

e pra ficar adequado.

Até estou lembrando aqui um exemplo de ontem, a

gente fez uma reunião dessas online onde

tinham várias equipes tanto de

engenharia, porque era um projeto um pouquinho maior,

equipe de arquitetura, nós tínhamos

representantes em várias cidades: rio de

janeiro, nós aqui em santa catarina e um

arquiteto que estava falando com a gente

de Nova York e a gente estava resolvendo o projeto.

Abrindo ali, cada um apresentando sua disciplina,

suas compatibilidades e funciona muito

bem a gente, então assim, nós estamos aqui

para fomentar o mercado e melhorar o

mercado, deixar esses jovens

arquitetos aí também entrarem, acreditando que

vai melhorar e temos muita vontade de que os jovens

engenheiros também venham com essa idéia.

A gente tem aqui na nossa equipe

futuros engenheiros que vão trabalhar,

onde já estamos também colocando essa

cultura pra eles, porque não adianta a

gente só querer fazer esse diferencial.

Quanto mais gente saber se diferenciar no

mercado melhor. O mercado muda a todo

momento e a gente não quer ser o único

muito pelo contrário, a gente quer renovar,

a gente quer mudar um pouquinho para

melhorar o sistema para todo mundo que,

quanto mais tiver esse sistema melhor para

o nosso cliente final, o cliente do arquiteto lá vai

enxergar todo o processo.

 

Como entrar em contato

(Celso)

E onde é que o cliente, o

arquiteto encontra vocês?

 

(Guilherme)

Bom, o nosso primeiro canal de contato é o site

PROJETOESTRUTUALONLINE.COM.BR

mas também estamos presentes no facebook,

no youtube, no instagram, também no twitter

e se quiser contato direto ou Whatsapp pode

ligar no telefone 4798 406 2788

 

Encerramento

(Anamélia)

Tomara que realmente as pessoas

escutem esse podcast e que eles entendam o que

a gente quis passar. E espero que esse ano

de 2018 seja um ano de muito sucesso e eu estou

abraçando todos os meus amigos clientes dizendo

que esse ano vai ser um ano nosso, porque nós

precisamos ter sucesso juntos… assim

se os meus amigos arquitetos, meus clientes não estão

vendendo, não estão projetando eu também não projeto.

Mas eu tenho certeza que vai ser um ano

excelente para todo mundo. Esse ano vai ser bem melhor

que no ano passado e aqui vai a minha mensagem de um 2018

cheio de sucesso pra todo mundo.

 

(Guilherme)

Bom eu quero agradecer a todos que estão ouvindo (lendo)

e dizer que pra mim é um privilégio estar participando

desta inovação, que é a forma diferente de se oferecer

os serviços de engenharia, mesmo eu vindo da formação

da arquitetura e muito feliz com a minha amiga Ana ter me

convidado para essa forma diferente de trabalhar o mercado

dizer que estou muito contente com isso, e quero dizer

que concordo com cada palavra dela que no

ano de 2018 vai ser assim muito forte para todos. A gente

já ve vários comentando isso. Vamos abraçar e vamos

fazer a diferença que com certeza vamos conseguir

muito trabalho pela frente e vamos fazer parcerias

juntos.

 

Quem somos?

Projeto Estrutural Online é um escritório focado em soluções para arquitetos, para projetos e obras de pequeno porte. Oferecemos parceria e colaboração em todo trabalho do arquiteto. Garantindo assim que os projetos complementares respeitem e estejam compatibilizados com o partido arquitetônico.

Temos o diferencial de atender online, usando as ferramentas digitais para facilitar a discussão nos projetos e nos aproximar dos nossos parceiros, independente da região do Brasil que se encontrem.

Fazemos projeto estrutural, hidrossanitário, elétrico e preventivo contra incêndio.

Qualquer dúvida, sugestão ou desejo de nos conhecer para formar uma parceria entre em contato pelos seguintes canais:

E-mail: contato@projetoestruturalonline.com.br

Tel: (47) 9 8406-2788 (WhatsApp)

Skype: Projeto Estrutural Online

youtube.com/projetoestruturalonline

facebook.com/projetoestruturalonline

instagram.com/projetoestruturalonline

Quer receber um Projeto de Amostra em seu E-mail?!
Nós mandamos pra você!
Entre em nosso site e conheça mais a Projeto Estrutural Online!
http://www.projetoestruturalonline.com.br/

Já baixou o nosso eBook? Nós atualizamos ele! Confira:
ARQUITETO – 12 DICAS PARA EVITAR RETRABALHO NOS SEUS PROJETOS.
http://bit.ly/eBook12DicasparaevitarRetrabalho

Precisou de projetos complementares? Fale com a gente!

Atendemos todo o Brasil!
Projeto Estrutural Online

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *