Projeto Hidrossanitário na Arquitetura


Projeto Hidrossanitario na Arquitetura

Projeto Hidrossanitário na Arquitetura

O que é um Projeto Hidrossanitário?

Para quem não sabe, um projeto Hidrossanitário é aquele que engloba toda a distribuição de água fria, água quente, esgoto e água pluvial ao longo da edificação.

Ele é essencial para que a água que vem da concessionária chegue até as peças de utilização, como chuveiro, torneiras, etc. Também é fundamental para que os dejetos eliminados pelos ralos e vasos sanitários cheguem até a tubulação de esgoto da rua.

Além disso, o projeto Hidrossanitário engloba a captação de água da chuva dos telhados até que sejam despejados no coletor do município, de forma que a chuva possa escorrer e seguir o percurso natural.

Se na obra existir instalação de água quente, a elaboração deste projeto também estará incluso.

Quer saber mais como todos esses 4 projetos funcionam?

Que influência pode ter na arquitetura e vice e versa? (3 dicas na última seção do artigo)

Em que devo ficar atento durante o projeto arquitetônico?

Então continue acompanhando este artigo!

Valores Projetos Complementares

Valores Projetos Complementares bit.ly/tabelavalores

Também se desejar saber quanto custa um projeto Hidrossanitário, baixe aqui nossa tabela de valores.

Qual a principal finalidade do Projeto Hidrossanitário?

Basicamente, o Projeto Hidrossanitário consiste em fazer com que você receba água tratada em sua casa, distribuindo em pontos de sua residência e elimine todos os dejetos produzidos para que sejam tratados posteriormente.

Toda a elaboração deve ser pensada de forma que um projeto não afete o outro e que tudo funcione corretamente. Não pode haver, por exemplo, a contaminação da água com o esgoto.

Mas também o projeto Hidrossanitário não pode representar um problema para arquitetura. Pois isto uma das grandes finalidades do projeto Hidrossanitário é a plena compatibilidade entre arquitetura, estrutura e outras disciplinas que podem estar envolvidas.

O Projeto Hidrossanitário deve conter o dimensionamento das tubulações de forma que seja suficiente para escoar o esgoto e a água na demanda necessária.

O que compõe um Projeto Hidrossanitário?

Como vimos, são 4 projetos que fazem parte deste projeto geral. Por isso, vamos conhecer um pouco mais sobre eles:

  • Projeto de água fria

Em um projeto de água fria você irá encontrar a locação de entrada de água (hidrômetro e registro), as colunas de distribuição de água, os ramais de distribuição, a localização das peças de saída.

Além disso, é necessário dimensionar a caixa d’água para atender a demanda de moradores, considerando seu consumo de área, a quantidade de pessoas que residem e a reserva de incêndio quando for de uso coletivo.

Também vale lembrar que a edificação não for atendida por água tratada por concessionária local, é possível faze uso de poço artesiano em vários casos.

Hidrossanitario - isométrico água fria e quente

Hidrossanitário – isométrico água fria e quente. Autor – Projeto Estrutural Online – Obra no litoral catarinense.

  • Projeto de água quente

Quando houver instalações de água quente, este projeto também deverá ser dimensionado, prevendo as tubulações que irão levar a água da caixa d’água até o boiler e deste para as peças de utilização.

O caminho percorrido é diferente da água fria, fazendo a junção apenas um pouco antes da peça de utilização, onde terá um misturador.

  • Projeto sanitário

Neste projeto é importante considerar as prumadas da tubulação, suas inclinações mínimas para que o dejeto possa escoar por gravidade, as ramificações necessárias, etc.

Além disso, é necessário locar os ralos, ver quais os materiais e peças que serão utilizados, e locar as posições das caixas de passagem, gordura, inspeção, filtros, etc. O esgoto será descartado na rede de esgoto pública onde será tratado.

Se não tiver rede de tratamento público de esg

oto deverá ser adotado sistema individual de tratamento (famosa fossa e filtro), antes de despejar na rede pluvial ou utilizar o sumidouro.

Exemplo Projeto Hidrossanitário (esgoto)

Exemplo Projeto Hidrossanitário (esgoto) – Autor – Projeto Estrutural Online – Obra no litoral catarinense.

  • Projeto pluvial

Por último temos o projeto pluvial, onde é necessário dimensionar a calha que irá conduzir a água da chuva, a declividade do detalhado para que ela escorra e a prumada da tubulação que irá conduzir até a rede municipal.

A água da chuva não deve ser despejada na tubulação de esgoto. É importante que a via pública tenha coletores para ambos os dejetos.

Lembrando que se não tiver rede de coleta de esgoto, deverá ser adotado sistema individual de tratamento.

Quer ver um exemplo de projeto? Baixe neste link bit.ly/projetosexemplos

 3 DICAS  – A relação do projeto Hidrossanitário e a Arquitetura

#1 –  CAIXA D’ÁGUA E O QUE MAIS???

Um ambiente nada popular nos projetos e de certa forma até esquecido é o tamanho do volume da caixa d’água.

Mas podemos garantir pela experiência que temos que é um ambiente que sofre alteração na obra em praticamente todos os projetos e incomoda arquitetos, engenheiros e clientes com isso. Para que isso não aconteça, lembre de verificar os seguintes itens no projeto arquitetônico:

– volume a ser adotado para caixa d’água.

– Se tiver sistema de água quente, tamanho do boiler ou aquecedor.

– Se terá reservatório para reaproveitamento de águas pluviais e seu volume.

– E se outros equipamentos como condicionadores de ar por exemplo, também ficarão neste ambiente.

Estas informações são vitais para o dimensionamento correto do tamanho do ambiente e para que o calculista considere a carga adequada no projeto.

Lembrando que a altura (pé-direito) também é um item importante a considerar, prevendo futuras manutenções e limpeza da caixa d’agua.

 

#2 – LOCALIZAÇÃO DE SISTEMA DE TRATAMENTO DE ESGOTO E CISTERNA DE ÁGUA POTÁVEL

Onde e vai ser colocado a cisterna e o sistema de tratamento de esgoto? Será que eu já devo pensar nisto no projeto arquitetônico?

No projeto arquitetônico deve-se sempre pensar na localização do sistema de tratamento de esgoto (quando no município não tiver tratamento público) e da cisterna de água potável. Pois ocupa espaço no terreno e é necessário prever acesso para manutenção destes.

Deixar para locar somente no projeto hidrossanitário pode trazer incompatibilidade para o projeto arquitetônico, bem como para o estrutural.

Então, fica a dica, durante o anteprojeto já pense nestes elementos, converse com o engenheiro que será responsável pela estrutura e pelo hidrossanitário, para a melhor localização.

 E FIQUE LIGADO! Quando seu projeto contemplar estes dois itens, a dica é trabalhar eles o mais distante possível um do outro, para evitar contaminação de esgoto na cisterna. Fique atento também na diferença de níveis entre os dois, cuidando para que o sistema individual de tratamento não fique em nível acima da cisterna.

 

#3 – NÃO EMBUTIR TUBULAÇÃO NO CONCRETO

As tubulações de infraestrutura como tubos e conexões de esgoto e água geralmente são “escondidas” na obra. Para isso fizemos o uso de forros e muchetas, mas muitas vezes se deseja embutir estas tubulações dentro do concreto.

Nós da Projeto Estrutural Online não aconselhamos usar este tipo de artifício.

A norma de estrutura não proíbe este tipo de solução, desde que não aconteça diminuição de seção ou perda de cobrimento.

Então porque não fazer?

Se você embutir tubos dentro do concreto, uma possível manutenção nesta área devido a um vazamento fica praticamente impossível.

A dica é sempre prever já no arquitetônico as passagens das tubulações e informar no projeto arquitetônico como resolver as mesmas, não deixando esta situação pra ser resolvida na obra.

Conclusão

Um Projeto Hidrossanitário mal feito pode trazer muitos prejuízos futuros e ainda causar bastante transtorno para arquitetos, engenheiros e usuário final. Por isso, tenha muita atenção na hora de chamar os parceiros para fazer o projeto hidrossanitário com você.

Nós podemos fazer este projeto para você, prezando pelo melhor resultando com a compatibilização com o arquitetônico.

Peça agora orçamento para um projeto hidrossanitário. Clique no link. https://bit.ly/queroprojeto

Quem somos

Projeto Estrutural Online é um escritório focado em soluções para arquitetos, para projetos e obras de pequeno porte. Oferecemos parceria e colaboração em todo trabalho do arquiteto. Garantindo assim que os projetos complementares respeitem e estejam compatibilizados com o partido arquitetônico.

Temos o diferencial de atender online, usando as ferramentas digitais para facilitar a discussão nos projetos e nos aproximar dos nossos parceiros, independente da região do Brasil que se encontrem.

Fazemos projeto estrutural, hidrossanitário, elétrico. Se quiser ver nossas tabela de preço, clique aqui e baixe ela.

Qualquer dúvida, sugestão ou desejo de nos conhecer para formar uma parceria entre em contato pelos seguintes canais:

E-mail: contato@projetoestruturalonline.com.br

Tel: (47) 9 8406-2788 (WhatsApp)

Skype: Projeto Estrutural Online

youtube.com/projetoestruturalonline

facebook.com/projetoestruturalonline

instagram.com/projetoestruturalonline

Quer ver um projeto de exemplo? Clique aqui e baixe uma amostra.

Entre em nosso site e conheça mais a Projeto Estrutural Online!
http://www.projetoestruturalonline.com.br/

Já baixou o nosso eBook? Nós atualizamos ele! Confira:
ARQUITETO – 12 DICAS PARA EVITAR RETRABALHO NOS SEUS PROJETOS.
http://bit.ly/eBook12DicasparaevitarRetrabalho

Precisou de projetos complementares? Fale com a gente!

Atendemos todo o Brasil!
Projeto Estrutural Online

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *