A importância da rua no seu projeto


A IMPORTÂNCIA DA RUA NO SEU PROJETO

 

Seguindo o conteúdo que fizemos semana passada sobre entorno, falaremos de algo mais específico desta vez: A rua.

Quando falamos sobre ruas, é comum se descuidar e pensar apenas na qualidade física das mesmas. Se são feitas de terra batida, se possuem buracos, se estão rachadas – pouco se fala em outros aspectos e características intrínsecos a rua.

E é isso que vamos fazer aqui! Neste texto, vamos falar de pontos mais essenciais de sua função, começando pelos acessos.

Acessos:

As ruas – não importa quão grande esteja entrelaçada em uma trama imensa de outras ruas – a mesma serve para oferecer acesso a locais, residências, comércios e toda sorte de edificações possíveis.

E “conceder acesso” é a parte importante aqui. Não há falta de ruas que, ao tentar contornar algum problema ou apenas por falta de planejamento, acabam em desuso ou com algum limite que impossibilite o uso para todas as pessoas.

 

Na direita vemos que o pessoal já está preparado para usar a calçada – com tênis de corrida. Infelizmente, a vovó da rua não fez aulas de alpinismo para subir esses degraus.

 

É evidente que qualquer profissional civil que se preze não estaria contente com seu trabalho, se o resultado fosse o das imagens acima. Afinal, como profissionais, nossa busca é sempre caráter universal, nunca buscando aumentar as segregações entre as pessoas e os espaços – muito pelo contrário.

Delimitar os acessos há edificação é fundamental na prática de boa arquitetura. Sem uma boa sinalização – seja através de elementos arquitetônicos ou outras dicas sensoriais – os usuários tentarão acessar a edificação como lhe for possível.

É claro que antes de tentarem pular uma janela, o usuário irá procurar por onde outras pessoas estão acessando. O problema mora que, se o local onde a maioria das pessoas está acessando não é o correto – se inicia um ciclo vicioso que pode ser problemático de parar ou redirecionar.

 

Poxa Gehler, tu complica até entrar pela janela!

 

Mas as vezes, as coisas podem ficar bem confusas e fica difícil saber por onde entrar.

 

Segurança:

Até então, falei sobre a importância de delimitar os acessos e a importância de deixá-los claros ao usuário. Mas há outro elemento muito importante ao considerar a rua (e seus acessos) à edificação: Segurança.

Quando os acessos a rua são limitados, seu uso – por consequência – também é. Com poucas pessoas a utilizando, não só a rua se torna um espaço físico mal aproveitado como também perigoso.

Não é à toa que grandes edificações turísticas possuem janelas, aberturas e arcos que se conectam diretamente com o fluxo intenso de suas ruas. Quando as dimensões, características de acessibilidade e há fluxo de pessoas, os pedestres costumam se sentir mais confortáveis e seguros.

Jane Jacobs, escritora do livro “A morte e a vida das grandes cidades” (excelente leitura para novos arquitetos e acadêmicos) já dizia que para uma cidade ter vida e ser segura, a mesma era necessária ter “olhos” para ela. Nesse contexto, os olhos se traduzem para aberturas nas edificações diretamente para a rua, portanto, uma rua onde todas as casas possuem muros e se isolam de seu elemento conector (a rua), cria potencialmente um local perigoso onde caso aconteça algo há alguém – ninguém verá.

 

Em suma, a rua possuí outras qualidades a serem consideradas quando desenvolve o seu projeto. Seus acessos, como se conecta com o espaço público, a segurança e conforto que atribui aos seus usuários, suas dimensões e acessibilidade – todas características essenciais para um projeto digno e competente.

Portanto: Se vai projetar, não esqueça de para a rua olhar!

Muito cafona? É, eu também achei.

E aí, o que achou?

Gostou do nosso material? Ficou com dúvidas? Faça contato no nosso WhatsApp. Deixe um comentário logo abaixo.

Se quiser também saber sobre valores de projetos complementares (estrutural, elétrico e hidrossanitário), em BIM, compatibilizados, que respeitem a arquitetura e projetados a distância, clique a baixo para simular.

Simular valor projeto estrutural elétrico e hidrossanitário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *